Outros

Fundep passa a contar com braço estratégico nos Estados Unidos

Benefício direto da parceria entre o Hub55 e Fundep

A Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), agente de soluções em gestão de projetos e conectora de oportunidades no apoio ao ecossistema de Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil, a partir de setembro de 2020 conta com escritório de negócios e braço estratégico nos Estados Unidos.  

A ação é resultado de parceria firmada com o Hub55 – centro destinado ao desenvolvimento de negócios internacionais, com sede em Connecticut, Estado situado entre Boston e Nova York, um dos principais corredores econômicos da América do Norte.  

Com a atuação conjunta e presença constante da Fundep na região, os novos parceiros esperam impulsionar a formação de alianças estratégicas e projetos de colaboração entre diferentes áreas da ciência, tecnologia e inovação e do setor produtivo. Para Mauricio Costa, diretor do Hub55 Estados Unidos, “anos de experiência no mercado internacional permitem assegurar um potencial de parcerias rico e extenso. O ambiente americano de tecnologia e pesquisa é maduro o suficiente para contribuir com qualquer projeto que o Brasil venha a desenvolver. Neste ecossistema integram universidades, centros de inovação, governo e empresa privadas, garantindo diversidade de opções que certamente atenderão às iniciativas da Fundep”.  

No portfólio de instituições apoiadas pela Fundep integra, majoritariamente, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – considerada uma das principais da América Latina e bem classificada entre as melhores nos rankings mundiais – e também outros mais de 30 reconhecidos centros de ciência e tecnologia de diversos áreas do conhecimento. 

Transcender fronteiras e apoiar a expansão da potência do ecossistema brasileiro para o exterior está entre os objetivos da Fundação. Desde o início dos anos 2000, a Fundep atuou em mais de 190 projetos internacionais, gerenciando um volume de mais de cem milhões de reais. Com este braço e atuação estratégica nos EUA fomentaremos pesquisas e estruturação de negócios em intercâmbios globais”, diz Martín Gomez Ravetti, diretor da Fundep. 

No Brasil, são mais de 2 mil projetos ativos e um montante de 3,3 bilhões de reais nessas iniciativas de pesquisa, ensino e inovação de impacto social e econômico.  

Conexões  

As instituições, empresas e iniciativas vinculadas à Fundep se beneficiarão diretamente do novo escritório nos Estados Unidos, com a possibilidade de promover eventos, cursos, missões, reuniões de negócios, entre outras atividades. O Hub55 tem base em New Haven, onde está sediada a Universidade de Yale, e oferece apoio e expertise, além de instalações completas de escritórios, com toda a infraestrutura física e digital, para realização e aceleração da atuação no mercado norte-americano. “Da mesma forma, com essa parceria, a Fundep atuará como conectora e porta de entrada para institutos e empresas internacionais no ecossistema brasileiro”, diz Bernardo Annoni, Negócios e Parcerias da Fundep. 

Saiba mais sobre a Fundep 

Com 45 anos de história, a Fundep está entre as principais gestoras de Ciência e Tecnologia do Brasil, apoiando e desenvolvendo o ecossistema de pesquisa, ensino e inovação e conectando oportunidades nesse campo para fomentar a evolução da sociedade. 

Os processos de gestão de projetos da Fundação são reconhecidos internacionalmente, com a certificação ISO 9001:2015 de seu Sistema de Gestão da Qualidade. Entre as atuações da Fundação, ela se destaca como uma das principais instituições brasileiras aptas a realizar importação de materiais de cunho científico e tecnológico, segundo o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 

Alinhada às tendências da economia da criatividade e às práticas bem-sucedidas dos institutos de ciência e tecnologia internacionais, a Fundep é propulsora da transformação da produção gerada nas universidades e centros de pesquisa em novos produtos, processos e serviços no mercado para o desenvolvimento econômico e social. 

Com pioneirismo no Brasil, implementou suas frentes de inovação: a Fundepar, agência que identifica, investe e desenvolve negócios com potencial de crescimento; a aceleradora de startups Lemonade, que emplacou o país pela primeira vez no ranking dos top 20 maiores programas do mundo pelo Global Accelerator Report; além do BiotechTown, hub de inovação em bionegócios; e do Outlab, iniciativa de aceleração de negócios e expansão da área comercial de laboratórios, fortalecendo o desenvolvimento e impacto social e econômico, a partir da inovação aberta.