Blog HUB55

Hub55 promove a participação de empresas brasileiras na Convenção e Exposição de Aviação Executiva da NBAA

O Hub55 esteve presente e promoveu a participação de empresas brasileiras na Convenção e Exposição de Aviação Executiva da NBAA (NBAA-BACE). Este é o evento mais significativo do ano para o setor de aviação nos USA e reúne líderes empresariais, funcionários do governo, fabricantes, pessoal do departamento de aviação corporativa e várias outras pessoas envolvidas em praticamente todos os aspectos desse segmento.

Classificada como a terceira maior feira nos Estados Unidos, entre todos os setores, a NBAA-BACE aconteceu de 16 a 18 de outubro de 2018, em Orlando, Flórida, em dois locais: palestras e estandes de expositores no Centro de Convenções de Orlando; e exposição estática de aeronaves no aeroporto executivo de Orlando. As duas localidades são fisicamente separadas, mas geram enorme sinergia entre operadores, clientes finais, fabricantes, cadeia produtiva e cadeia de serviços.

 

Todos os fabricantes de jatos executivos estiveram presentes, incluindo os grandes como Boeing Business Jets, até os menores como Piper. Embraer lançou nessa feira os modelos Praetor 500 e Praetor 600, considerados os mais avançados do mundo e que contam com mimos tecnológicos como redução ativa de turbulência.

 

O Hub55 lançou nessa feira um novo tipo de serviço que é a condução de reuniões e divulgação do portfólio de empresas brasileiras com base num plano desenvolvido conjuntamente. Participaram nessa edição experimental as empresas Globo Usinagem e ErmaTech. Nesse modelo, as empresas conseguem estar presentes e trabalhar “leads” sem a necessidade de deslocar seu pessoal próprio, economizando todos os custos de viagem. Além disso, o Hub55 também prepara a agenda e realiza os “follow-ups”, economizando também o tempo das empresas em sede.

 

Segundo o especialista em aeronáutica do Hub55, Carlos Mateus, “o mercado americano encontra-se fortemente aquecido e há muitas oportunidades em aberto. Esta feira é apenas a ponta de um iceberg a ser explorado.”