Blog HUB55

O Brasil na rota do setor aeroespacial

Cada vez mais o Brasil tem se tornado uma das referências do setor aeroespacial mundial, tendo inclusive um dos principais polos de inovação do mundo, localizada na cidade de São José dos Campos. Essa é apenas uma parte do potencial de desenvolvimento do setor no Brasil, que investe em conhecimento, tecnologia e na inovação para continuar crescendo. E o atual momento do mercado brasileiro e mundial traz excelentes perspectivas para o futuro.

Tratando mais especificamente no setor espacial, o Brasil não tem uma relevância muito grande, apesar disso este assunto fez o país ganhar os noticiários internacionais nos últimos dias. O motivo foi o acordo assinado entre o Brasil e os Estados Unidos para a utilização da Base de Alcântara, no Maranhão. Ele prevê que o país norte-americano poderá lançar satélites e foguetes para o espaço a partir da base brasileira. O acordo ainda precisa ser aprovado, mas o presidente Jair Bolsonaro já adiantou que o tratado poderá ser assinado também com outros países.

Outra notícia que vem movimentando a economia e o mercado aéreo é o acordo entre  a empresa norte-americana, Boeing, e a brasileira Embraer. As duas empresas estão em tratativas desde 2017, e acabaram de passar pelo penúltimo passo para finalizar o acordo. Com aprovação de 96,8% dos votos válidos dos acionistas da Embraer, a conclusão do processo deve acontecer no máximo até o final de 2019. Agora falta apenas a aprovação das autoridades reguladoras do Brasil e dos Estados Unidos para que o negócio seja concretizado definitivamente.  

Essa parceria envolve apenas a divisão de aviões comerciais da Embraer, e se justifica principalmente pela forte concorrência do mercado. Este negócio promete trazer investimentos para a região de São José dos Campos, além de já estar causando otimismo com a valorização da empresa brasileira na bolsa de valores.

Com esses acontecimentos, a tendência é que o mercado brasileiro se desenvolva cada vez mais. Para se beneficiar com este momento, a região de São José dos Campos precisar se organizar para receber os investimentos que poderão surgir. Para isso, é importante manter os investimentos em pesquisas e inovações, além de se adaptar aos novos modelos de trabalho e ao aumento na demanda de fabricação de aeronaves, o que também irá impactar nas áreas de ferramental, equipamentos e serviços especializados do setor aeroespacial da região.

O HUB55 está atento a todo este movimento do mercado aeroespacial, e nossa equipe trabalha para aproveitar todas estas oportunidades e estimular a região, as conexões com novos mercados e o desenvolvimento dos nossos parceiros e clientes. Carlos Rondina Mateus, um dos líderes do HUB55 e especialista no setor aeroespacial, possui grande experiência neste mercado e atua no planejamento estratégico e gestão da inovação tecnológica, fomentando negócios entre o mercado brasileiro e o norte-americano. Se quiser saber mais sobre este tema e sobre como podemos ajudar a desenvolver a sua empresa, entre em contato e agende uma reunião.