Blog HUB55

Para estar entre os melhores destinos para startups e scale-ups no mundo, Holanda investirá mais 65 milhões de euros

Para estar entre os melhores destinos para startups e scale-ups no mundo, Holanda investirá mais 65 milhões de euros em políticas públicas, nos próximos quatro anos.

Novo pacote de medidas tem como objetivo fortalecer ainda mais o ecossistema holandês de startups e scale-up, melhorando o acesso a capital de risco e a questão da atração de talentos, um dos principais desafios das startups de tecnologia holandesas. Com a economia aquecida e a taxa de desemprego beirando os 3%, os novos empreendimentos têm dificuldade em atrair e manter talentos. As novas medidas buscam corrigir o problema, oferecendo novo esquema fiscal para opções de ações para funcionários e possibilidade de residência (e recrutamento) de funcionários fora da União Europeia.

Lembrando que o país busca atrair empreendedores também e conta com visto especial bastante acessível para quem quiser empreender no país.

Impulsionada pelo desejo de fortalecer o ecossistema de startups de Amsterdam, a capital holandesa desde 2015 conta com uma política pública ampla e coesa, construída em parceria com o setor privado e chamada de StartupAmsterdam. O programa não apenas colocou Amsterdam no mapa global dos hubs de startup em poucos anos, como também transformou a economia da cidade.

Outras regiões do país contam com iniciativas como o StartupAmsterdam e todos fazem parte do StartupDelta, uma parceria público-privada que reúne iniciativa público e privada em nome da inovação e empreendedorismo. O papel do StartupDelta é fornecer informações e suporte, contanto com a contribuição dos principais polos de inovação na Holanda, dos ministérios de Assuntos Econômicos, Educação, Cultura e Ciência, Relações Exteriores, da Câmara de Comércio Holandesa, bem como a própria comunidade de startups.

Diferentes player contribuem assim para o fortalecimento do ecossistema holandês, consolidando seu papel como um dos mais interessantes destinos para startups e scale-ups no mundo. Para os empreendedores internacionais que o país busca atrair, o Hub55 pode ser um importante recurso, já que conta com todos os recursos necessários para o test drive ou sof landing de empreendimentos brasileiros em solo europeu.